Confira todas as dicas necessárias para fazer com que sua recolocação profissional seja realmente assertiva.

Um processo de recolocação profissional pode ser motivado por diferentes motivos. O profissional pode ter sido desligado da empresa na qual trabalhava ou simplesmente ter percebido que não estava satisfeito atuando em sua área e/ou instituição.
Mas uma coisa é certa: independentemente do motivo, esse processo traz consigo muitas dificuldades.

Para te auxiliar a enfrentar esse período de forma rápida e assertiva, confira 7 dicas infalíveis separadas pelo Grupo Elemento RH para facilitar sua recolocação e te deixar ainda mais perto da realização profissional:

1. Organize-se financeiramente

Para fazer uma transição de carreira e/ou empresa, é necessário se preparar financeiramente em primeiro lugar.
Além de organizar suas contas de forma verdadeiramente realista, é preciso se manter sempre preparado para ficar sem emprego por mais tempo que o esperado. Assim você evita surpresas desagradáveis e enfrenta o período com mais estabilidade – inclusive emocional.

2. Analise o mercado

Depois de ter se organizado profissionalmente, é hora de analisar como está a oferta e a demanda de vagas da sua área. Assim, além de conseguir identificar quais setores estão mais carentes de bons profissionais, você conseguirá definir qual a faixa salarial adequada para sua área de atuação.

3. Trabalhe o autoconhecimento

Já se organizou financeiramente e analisou o mercado? Então chegou a hora de um dos passos mais importantes do processo: adquirir autoconhecimento. Afinal, antes de tomar qualquer decisão, é preciso olhar para si e entender:
1. O que você realmente busca?
2. Onde você quer chegar?
3. Quais são seus pontos fortes? E quais você precisa desenvolver?
4. O que te impede de se recolocar no mercado da forma desejada?

4. Atualize o currículo e o Linkedin

Para colocar os planos de recolocação profissional em prática, é necessário manter o currículo atualizado, além de adequá-lo às necessidades da área que você pretende atuar.
Outro fator muito importante é manter em dia suas redes sociais de negócio – como o Linkedin. Dessa forma, os recrutadores conseguem mais informações sobre a sua experiência profissional e, como consequência, podem se interessar mais pelo seu perfil.

5. Construa uma rede de networking

No processo de recolocação profissional, cuidar da sua rede de contatos é essencial. Afinal, é através dela que você poderá conquistar indicações e/ou vagas interessantes na sua área.
Sempre que houver espaço para esse tipo de assunto, exponha seus interesses profissionais e pontue sobre sua busca por uma nova oportunidade.

6. Invista em empresas de recolocação profissionais e head-hunters

Se sentir que precisa de ajuda nesse processo, uma consultoria de recolocação profissional pode ser de grande valia.
Além de te ajudar no preparo do seu currículo e no direcionamento da sua carreira, uma consultoria poderá prestar assessoria em todo seu processo de seleção e te indicar para vagas em empresas parceiras.

7. Saiba se portar em uma entrevista

Depois de ter colocado em prática todas as nossas dicas, é muito provável que você consiga a tão sonhada entrevista de emprego – então é necessário estar pronto para ela.
Além de se vestir adequadamente, é indispensável ser pontual, verdadeiro, estudar sobre a empresa, manter a postura e se preparar para todas as perguntas que poderão acontecer durante o bate-papo, inclusive aquelas sobre os motivos da sua possível demissão.

 

Em busca de recolocação profissional? Entre em contato com o Grupo Elemento RH e amplie as suas oportunidades de emprego!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu