Você sabia que um recrutador leva cerca de 7 segundos para ler um currículo? Pois é. Diante de um mercado cada vez mais disputado, seu CV precisa ser interessante mesmo em pouquíssimo tempo de leitura.
Para te ajudar a criar um currículo campeão, o Grupo Elemento RH elencou as principais características que não podem deixar de fazer parte dele.

De acordo com uma pesquisa feita pela Harvard Business Review, um recrutador dedica apenas 7 segundos do seu tempo para ler um currículo individual. Isso porque o mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e, para realmente chamar atenção, um CV precisa ser elaborado de forma a se tornar interessante mesmo nestes pouquíssimos segundos de análise.

Infelizmente, muitos profissionais tendem a não dedicar tempo e planejamento na elaboração de seus currículos. Por os construírem de forma óbvia e sem boas estratégias, esses documentos – que poderiam ser portas de entrada nas empresas desejadas – acabam caindo em pilhas com mais outros vários CVs esquecidos pelo recrutador.

Para fazer com que a primeira impressão da organização sobre você seja a melhor possível, é necessário caprichar na elaboração do currículo. Por isso, elencamos as principais dicas para fazer com que você se destaque profundamente dos outros candidatos.
Vamos conferir?

Defina seu objetivo profissional

Antes de qualquer coisa, analise bem qual é seu objetivo profissional. Afinal, é a partir dele que você definirá como elaborar todo seu currículo.

Se você deseja uma vaga em uma empresa mais tradicional, seu currículo deverá se adequar a isso e possuir um visual mais básico e objetivo. Já se você deseja uma oportunidade em uma organização que se posiciona de forma mais desconstruída, currículos com design inovador são muito valorizados.

Depois de definido seu objetivo, além de usá-lo para nortear a construção do seu CV, lembre-se de descrevê-lo em uma ou duas frases no corpo do documento. Isso ajudará o recrutador a entender de forma rápida o caminho que você quer trilhar em sua vida profissional e se você é (ou não) o candidato esperado para vaga.

Atenção à estrutura

Sim, inovar na estrutura do currículo é tentador e nós sabemos. Apesar disso, é importante ter em mente que passar dos limites nesse sentido é perigoso.
Se você for um profissional de design, marketing, artes etc, um currículo diferenciado é valorizado – mas caso você não seja, é melhor optar pelo básico.

O papel branco, fontes tradicionais, margens fixas e cores básicas sempre deixarão seu currículo mais legível. Além disso, aposte em um espaçamento razoável entre as linhas e use opções como negrito e itálico para os pontos a serem destacados.
Depois de concluído, lembre-se sempre de fechar em PDF, ok? Assim, você não corre o perigo de perder sua formatação.

Organize suas experiências

Sim, o campo “experiências” causa medo na maioria dos candidatos que não sabem como preenchê-lo de forma a valorizar sua trajetória profissional.
E para fazer com que essa parte do seu currículo te deixe ainda mais perto de conseguir a vaga dos sonhos, a dica é optar por uma ordem cronológica inversa – isso é, do cargo mais recente até o mais antigo.

Além disso, ao invés de colocar apenas o tempo de permanência na organização, busque incorporar o que você fazia por lá, ou melhor, como você fez diferença quando preencheu o cargo.
Por exemplo: você agregou ao portfólio da empresa? As vendas cresceram quando você entrou para o time? Uma sugestão sua levou a organização à alguma melhoria? Se sim, busque valorizar essas conquistas nesse tópico do currículo.

Agrupe as informações de forma a facilitar a leitura

Como dissemos no começo dessa matéria, os recrutadores analisam os currículos em cerca de 7 segundos. Por isso, agrupar as informações de forma a facilitar a leitura é um dos tópicos mais importantes para que seu CV se destaque dos demais.

Na hora de elaborar o documento, deixe a parte superior reservada para dados pessoais (nome, endereço, telefone, e-mail, etc) e, logo embaixo, reserve um espaço para adicionar seu objetivo profissional – que servirá como um resumo do restante do currículo.
Depois disso, use a dica acima para organizar suas experiências de forma interessante e foque em destacar as informações importantes estrategicamente, fazendo com que o recrutador consiga visualizá-las já no primeiro olhar.

Preze (muito!) pela honestidade

Mentir em seu currículo, mesmo quando parece necessário, é extremamente perigoso e antiético. Isso porque os recrutadores podem te questionar durante a entrevista – ou durante seu primeiro dia – e uma resposta errada poderá te deixar em maus lençóis.

Lembre-se que os profissionais de RH lidam constantemente com pessoas. Por isso, sabem como analisá-las de forma profunda, reconhecendo vontades escondidas e mentiras mal intencionadas.

Faça a revisão do conteúdo

A revisão é um dos fatores que exige mais atenção na elaboração de um currículo. Afinal, é ela que impedirá que aconteça aquilo que todo recrutador despreza: erros. Além de analisar os erros gramaticais, existem pontos que devem ser evitados a todo custo. Falamos sobre eles nessa matéria, então sugerimos que dê também uma olhada por lá!

Por fim, peça para algum amigo mais experiente analisar com cuidado seu CV e mãos à obra!

 

Precisa de ajuda para elaborar o currículo ideal para conquistar a vaga dos seus sonhos? Entre em contato com o Grupo Elemento RH e amplie as suas oportunidades de emprego!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu