Contratar o funcionário errado para uma posição em sua empresa pode ser caro, prejudicar o ambiente de trabalho e consumir muito do seu tempo. Já a escolha do funcionário adequado melhora a produtividade de toda a equipe, graças a um relacionamento bem-sucedido com os colegas e a empresa em si.

Porém, eleger a pessoa certa pode ser um processo bastante desafiador. Então, vamos tentar ajudar você com algumas dicas importantes sobre como recrutar e selecionar os melhores talentos para sua empresa.

 

Defina bem a função antes de contratar alguém

Um dos erros mais recorrentes na contratação de um novo funcionário acontece antes mesmo do processo de seleção. O que acontece é que, muitas vezes, não se tem o conhecimento completo da função que está em aberto.

Sem saber exatamente o que se está procurando, como reconhecer quando encontrar? Além disso, como descrever ao candidato o que se espera dele, de maneira que ele consiga avaliar suas próprias aptidões?

Antes de proceder ao recrutamento, portanto, faça uma análise completa do trabalho requerido, incluindo deveres e responsabilidades, habilidades necessárias, resultados esperados e ambiente de trabalho proposto.

 

Planeje o recrutamento e seleção com o restante da equipe

Tendo entendido a vaga aberta, faça uma reunião com a equipe da qual esse funcionário fará parte, de forma a entender as expectativas dos chefes e colegas para a nova função.

Além disso, é preciso que a descrição da vaga seja realizada ou avaliada pelo gestor da área para que os requisitos se adequem ao que a empresa e equipe buscam.

Assim, você será capaz de escolher uma pessoa que se adeque melhor à equipe e que corresponda às necessidades e objetivos do setor. Se achar válido, inclua membros da equipe atual no processo de avaliação e seleção do candidato.

 

Compare os currículos com a descrição da função

Ao revisar currículos, cartas de apresentação, pedidos de emprego e cartas de solicitação de emprego, faça-o comparando à lista de qualificações, habilidades, experiências e características que você definiu, juntamente com a equipe, para esta função. Dessa forma, você estará investindo seu tempo nos candidatos mais qualificados ao contratar um funcionário.

 

Faça as perguntas certas na entrevista de emprego

A entrevista de emprego é talvez o fator mais poderoso na contratação de um funcionário. Ela permite que você separe os candidatos desejáveis dos medíocres, por isso, as perguntas da entrevista de emprego devem ser críticas, de forma a ajudá-lo na contratação da pessoa correta.

Cheque as referências

Verificar os antecedentes de um candidato é uma das maneiras mais eficazes de mapear a personalidade e o comportamento de alguém. Assim, confira se todas as credenciais, habilidades e experiências informadas são realmente verdadeiras, para começar.

Também não deixe de conversar com as referências do currículo, como ex-supervisores. E ainda é válido checar ficha criminal e histórico de crédito, mas somente se você informar que isso será realizado para o recrutamento e seleção.

 

Ignore seu favoritismo

É muito comum que, durante uma seleção, o emprego seja oferecido à pessoa mais parecida com o recrutador. O candidato se sente confortável e o recrutador se sentirá satisfeito em ficar com seu aspirante favorito.

No entanto, você deve se fazer a seguinte pergunta: qual é a vantagem de sua empresa ter outro funcionário igual a você? A organização precisa de seu “sósia”? Que contribuição ele poderá adicionar à equipe?

Talvez seja melhor escolher um talento completamente diferente do seu, que será capaz de complementar o seu trabalho e agregar inovação à equipe. Pode não parecer tão simples e confortável, mas certamente trará mais benefício para o grupo.

 

Olhe primeiramente para os candidatos internos

Proporcionar oportunidades de promoção e crescimento para os membros atuais da equipe aumenta positivamente o moral e faz com que sintam que seus talentos, capacidades e realizações são bem-vindos. Portanto, sempre ofereça novas posições primeiro para seu público interno.

 

Pague melhor que a concorrência

Não vamos negar os fatos e estatísticas: quem paga melhor atrai (e mantém) os melhores candidatos. Você até pode ter sorte de conseguir um talento inicialmente. Porém, em pouco tempo ele se sentirá depreciado e lhe abandonará por uma oferta melhor, deixando para você os custos de substituição da função.

 

Esclareça e documente a oferta de trabalho

Por último, mas não menos importante, é muito comum que, durante o recrutamento e seleção, a companhia realize algumas negociações com o candidato selecionado, incluindo acordos verbais sobre salários e benefícios.

Porém, não cometa o erro de manter a negociação somente no plano das ideias. Registre em uma carta de oferta de trabalho todas as condições do ofício, horários, salário, benefícios e bônus, e até informações sobre a rescisão. Assim, nenhum dos lados enfrentará surpresa alguma na primeira folha de pagamento.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu